segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Eu sugiro, tu aprovas #12


Na sexta-feira fui ver a peça "Toda a Gente Sabe que Toda a Gente Sabe"! Não posso dizer que foi a peça mais gira que eu já vi mas, na minha opinião, vale sempre a pena ir ao teatro e ... ainda dei umas boas gargalhadas. :)
Assim, se tiverem oportunidade, não deixem de ver esta comédia da autoria do Miguel Fallabela e da Maria Carmem Barbosa. 

Aqui fica a sinopse

"“Toda a gente sabe que toda a gente sabe”, dá-nos a conhecer uma família, os Mello da Cunha, outrora afortunada e presença assídua na esfera da alta sociedade, que actualmente se encontra falida, continuando no entanto a viver de aparências.
Maria da Dores, a tia, mulher sábia, que soube tirar proveito de todos os prazeres da vida, tem uma capacidade invulgar de, subtilmente, conhecer melhor do que ninguém a sua família; 
Evangelina, a sobrinha, inconformada com o seu actual estatuto, vive em constante nostalgia pelo glamour perdido, numa incessante busca das luzes da ribalta de outros tempos;
Maria Inês, filha de Evangelina, menina rebelde que chocou a família ao fugir com um pugilista alcoólico. Já separada, volta a viver com a família sem nunca esquecer a sua fogosa relação, contrariando as aspirações sociais e morais da sua mãe;  
Luis Ernesto, irmão de Maria Inês, jovem corretor da bolsa, vive a sua sexualidade escondida … mas pouco!
Cláudio Pereirinha, de origem humilde, cuja família enriquece à custa de uma cadeia de pizzarias é a presa perfeita para a salvação da família Mello da Cunha. Jovem recatado, deixa-se contagiar e descobre, para seu próprio espanto, a sua orientação sexual; 
“Toda a gente sabe que toda a gente sabe”, é uma sátira da decadência de uma família disfuncional, complementada pela vivacidade inigualável dos seus diálogos."

A.

5 comentários:

Farruskinha disse...

Adoro ir ao teatro, tenho pena de não ir mais vezes, vale sempre :)

- Fashion Fi - disse...

Acho que vou ver ;)

Fi *

Cidade do Pecado disse...

Por acaso é raro ir ao teatro, mas até gosto. É pena que em Portugal não se tenha muito a "tradição" de ir.

Beijinho
Cidade do Pecado

catarina coelho disse...

Parece-me super divertida e interessante :)

RougeDessin disse...

Quem dera que fosse no Porto...